Onda de calor na Europa derruba data centers do Google

Onda de calor na Europa derruba data centers do Google. Temperaturas superiores a 40oC registradas no Reino Unido são resultado da crise climática.

As temperaturas recordes registradas no Reino Unido nesta semana causaram transtornos nos datacenters do Google e da Oracle, afetando os consumidores na região. A onda de calor que passa pela Europa é resultado da crise climática global, causada pela emissão de gases de efeito estufa derivados, principalmente, do desmatamento, da queima de petróleo e da indústria. 

Google encerrou máquinas virtuais

No Google, as altas temperaturas causaram o encerramento prematuro de máquinas virtuais (VMs) para alguns clientes do serviço Google Compute Engine (GCE) na zona europe-west-2a. O problema aconteceu na terça-feira (19) – dia em que o Reino Unido registrou a temperatura mais alta de sua história, 40ºC – às 10h13 e permaneceu até 20h45, resultando em mais de dez horas de interrupção do serviço.

Para impedir danos às máquinas, a empresa desativou parte dos sistemas da zona afetada e limitou a inicialização de novas instâncias da GCE. A temperatura se manteve alta na região também durante a noite, com 25,9 ºC.

Oracle teve unidades de refrigeração afetadas

Já no caso da Oracle, a onda de calor afetou duas unidades de refrigeração em um datacenter londrino, quando tiveram que operar acima dos limites para os quais foram projetados. De acordo com a empresa, por conta disso, as temperaturas dentro do datacenter começaram a subir, fazendo com que um subconjunto da estrutura de computação se desligasse como forma de proteção. A falha aconteceu às 13h da terça-feira (19) e o serviço só foi restabelecido às 11h do dia seguinte. 

Como resultado de temperaturas fora de época na região, um subconjunto de infraestrutura de resfriamento no Data Center UK South (Londres) passou por um problema. Isso fez com que um subconjunto de nossa infraestrutura de serviços precisasse ser desligado para evitar falhas de hardware descontroladas. Este passo foi dado com a intenção de limitar o potencial de qualquer impacto de longo prazo para nossos clientes.” diz o site da Oracle

Crise climática

Para os brasileiros, temperaturas de cerca de 40ºC podem não parecer muita coisa, mas na Inglaterra, a onda de calor sem precedentes começa a afetar seriamente a infraestrutura do país. Dois aeroportos tiveram suas operações interrompidas quando partes da pista derreteram sob o sol forte. As fortes chuvas que afetaram a Europa em julho do ano passado também são resultantes das mudanças climáticas. 

Ainda em 2021, incêndios florestais de grandes proporções atingiram a América do Norte. Fenômenos como esses tornaram-se cinco vezes mais frequentes nas últimas cinco décadas, e tendem a ser cada vez mais severos, inclusive no Brasil. Desde a década de 1970, foram mais de 11 mil desastres naturais catalogados, que deixaram cerca de dois milhões de mortos, de acordo com relatório da Organização das Nações Unidas.

Fonte: Mundo Conectado & Oracle

Veja também:

Sobre mindsecblog 1772 Artigos
Blog patrocinado por MindSec Segurança e Tecnologia da Informação Ltda.

1 Trackback / Pingback

  1. Hackers distribuem Amadey usando cracks de software e sites de keygen

Deixe sua opinião!