DLP Integrada VS DLP Dedicada

DLP Integrada VS DLP Dedicada Violações e vazamento de dados tornaram-se preocupações legais que as empresas devem enfrentar em todo o mundo.

O aumento da legislação de proteção de dados, como o Regulamento Geral de Proteção de Dados da UE (GDPR), a Lei Geral de Proteção de Dados (LPGD), no Brasil, e a Lei de Privacidade do Consumidor da Califórnia (CCPA) tornaram a proteção de Informações de Identificação Pessoal (PII) um requisito obrigatório para empresas de todos os tamanhos. A não conformidade pode acarretar multas maciças, danos à reputação e perda de negócios.

As Soluções de Prevenção de Perda de Dados (DLP) surgiram como ferramentas essenciais em qualquer estratégia abrangente de segurança cibernética, protegendo dados sensíveis, como PII, propriedade intelectual e dados críticos de um dos maiores riscos à segurança de dados: as ameaças internas. Apoiando os esforços de transparência de dados através de recursos de descoberta e classificação de dados que identificam e monitoram informações sensíveis, as soluções DLP podem controlar o fluxo de dados em tempo real dentro da rede da empresa.

Quando aplicadas no ponto final, as soluções DLP também garantem a proteção contínua dos dados, quer um funcionário esteja no local ou trabalhando remotamente e quer esteja ou não conectado à Internet. Enquanto isso, os corretores de segurança de acesso em nuvem (CASB) e as soluções DLP em nuvem abordam os riscos associados ao armazenamento e às aplicações em nuvem.

Escolher a solução DLP certa para uma empresa, no entanto, às vezes pode ser complicado. As organizações têm necessidades e orçamentos diferentes com base em seu tamanho, e a DLP muitas vezes está fora do âmbito das ferramentas tradicionais de segurança cibernética, tais como software antivírus e firewalls. A DLP dedicada e as soluções integradas de DLP surgiram como duas estratégias que as empresas podem seguir em sua busca para implementar ferramentas DLP em suas redes.

O que é a DLP Dedicada?

As soluções DLP dedicadas são produtos autônomos especificamente construídos e projetados para a Prevenção de Perda de Dados. Eles oferecem ferramentas e políticas abrangentes que permitem às empresas utilizar perfis pré-definidos para dados sensíveis e desenvolver seus próprios perfis com base em suas necessidades. Também oferecem proteção para dados em repouso e em movimento, conteúdo e recursos de digitalização contextual baseados em expressões regulares, políticas DLP baseadas em grupos, controle de dispositivos e, em alguns casos, opções de criptografia. Certas soluções também vêm com políticas específicas que podem ser aplicadas para conformidade regulamentar com legislação específica e normas internacionais como GDPR, HIPAA ou PCI DSS. As violações de políticas são registradas e relatórios que podem ser usados para fins de auditoria são gerados.

Devido a suas extensas ferramentas e foco em conformidade e proteção de dados, muitas empresas acreditam que soluções DLP empresariais dedicadas são a única opção que vale a pena considerar. E, no caso de grandes organizações, isso é certamente verdade. Quanto mais extensa a rede, mais dados ela armazena e coleta, o que resulta em um maior risco financeiro e de reputação para a empresa no caso de uma violação de dados. Portanto, são necessárias ferramentas complexas para proteger efetivamente os dados sensíveis que estão sendo armazenados e circulam dentro dela.

Entretanto, soluções DLP dedicadas podem ser problemáticas para empresas pequenas e médias que não precisam do arsenal completo de ferramentas DLP para proteger suas redes e muitas vezes investem em ferramentas DLP dedicadas apenas para descobrir que não utilizaram nem a metade de suas capacidades. É aqui que entra em jogo a DLP integrada.

O que é a DLP Integrada?

As soluções DLP integradas são uma extensão das ferramentas de segurança existentes que oferecem uma versão despojada de soluções DLP dedicadas que mantêm suas principais funcionalidades enquanto eliminam as complexidades necessárias para redes de grande escala. Elas se concentram em políticas construídas em modelos regionais e específicos do setor, não requerem instalação adicional de software ou hardware, e são fáceis e rápidas de implantar. Mais notadamente, custam consideravelmente menos do que uma solução DLP dedicada e levam pouco tempo para serem implementadas. O risco da DLP integrada é suas limitadas opções de customização e capacidades reduzidas.

Uma abordagem de DLP integrada pode se referir não apenas a um suplemento específico de uma ferramenta de segurança em particular, mas à exploração de opções existentes dentro de várias soluções de segurança para cobrir os conceitos básicos de DLP. Isto significa ativar várias políticas em várias soluções e gerenciá-las sem um painel de controle centralizado, o que pode levar a uma falta de coesão e, portanto, a inevitáveis pontos cegos da estratégia de proteção de dados se não forem implantadas políticas fortes de gerenciamento de segurança.

Rumo a uma abordagem flexível de DLP

Embora seja verdade que as maiores soluções DLP dedicadas do mercado são construídas tendo em mente as grandes empresas, o que pode torná-las inadequadas para organizações pequenas e médias, uma nova categoria de ferramentas DLP foi desenvolvida com foco na flexibilidade, rápida implementação e o objetivo de atender clientes de todos os tamanhos.

Soluções como o Endpoint Protector oferecem a possibilidade de misturar e combinar funcionalidades, permitindo às organizações eliminar ferramentas supérfluas. Desta forma, as empresas podem cortar custos enquanto mantêm algumas das principais capacidades da DLP dedicada, tais como políticas altamente personalizáveis, gerenciamento centralizado e políticas separadas baseadas em grupos ou departamentos.

Embora as empresas pequenas e médias possam ser tentadas a optar pela estratégia de DLP mais acessível, esperando que a proteção básica seja suficiente para garantir a segurança de seus dados, vale a pena considerar que as violações de dados são as mais perigosas para tais organizações. Com reputações vulneráveis apenas começando a se desenvolver e recursos financeiros limitados, 60% das pequenas empresas fecham dentro de seis meses após uma violação de dados.

Por

Endpoint Protector by CoSoSys Ranked #1

Veja também:

Sobre mindsecblog 1871 Artigos
Blog patrocinado por MindSec Segurança e Tecnologia da Informação Ltda.

Seja o primeiro a comentar

Deixe sua opinião!