A importância do monitoramento de dados em sistemas complexos de informação

A importância do monitoramento de dados em sistemas complexos de informação. O mundo hoje é tecnologicamente dependente de sistemas.

Em toda atividade realizada, seja on-line ou presencial, milhares de dados estão envolvidos, o tempo todo.

Por trás de um sistema de compra on-line, por exemplo, há dezenas de softwares e de sistemas de informação públicos e privados, mantidos por provedores de tecnologia, com aplicações distintas para cada um dos passos da operação, que demandam o uso de infraestrutura e recursos humanos especializadas e disponíveis ininterruptamente. 

Qualquer falha nos sistemas que não seja resolvida em um curto espaço de tempo pode representar prejuízos pelo que chamamos de downtime – o tempo em que um ou vários sistemas ficam fora do ar. Como mostra um relatório realizado em 2021 pela IBM, custo de uma hora de downtime, para diferentes empresas, pode atingir a marca de 950 mil dólares. 

Em um cenário de transformações tecnológicas cada vez mais intenso, o monitoramento de dados tem sido um aliado potente para a promoção da cultura da prevenção de falhas e erros sistêmicos nos negócios.

Quando uma aeronave está em funcionamento, por exemplo, o piloto consegue visualizar e controlar todas as condições de voo, funcionamento e operação em tempo real do avião, através de um tipo de painel de controle. A visão unificada do ambiente e condições de voo que possibilita que haja o controle do que está acontecendo através dos dados apresentados.

Com a coleta de métricas, o monitoramento nos auxilia a simular e entender o comportamento de um produto, serviço ou usuário. Para além disso, produz conhecimento, já que transforma dados em informação e a informação em conhecimento, permitindo que sejam arquitetadas ações de mitigação e tomadas de decisão mais eficientes, capazes de diminuir riscos e eventos futuros em um ambiente e negócio. 

A partir de critérios de aceitação, pode-se perceber um desvio operacional, conhecer exatamente onde está o ponto de desvio e tomar a decisão para sua correção. Alternativas de monitoramento, como softwares, apoiam no controle, e prevenção de eventos e até mesmo crises, pois têm a capacidade de antecipar problemas, detectar uma anomalia e permitir a correção somente com dados.

O monitoramento de dados consegue transformar o volume massivo produzido nas organizações em informação para a tomada de ações concretas. A informação mostra o passado, revela padrões e relaciona um dado com o outro, economizando tempo, recursos e garantindo a integridade das operações.

Imagine o tempo necessário para descobrir um bug em um sistema se a análise for feita de forma manual, dado a dado em uma planilha, por exemplo? Por isso, a importância de transformar esses dados em informação útil, organizada e estruturada.

O monitoramento não só possibilita o diagnóstico preciso de possíveis falhas, como também permite uma ampla visão do negócio, apresentando comportamentos e oferecendo melhorias em pontos estratégicos, a partir da transformação de dados em informações em formatos visualmente mais intuitivos e amigáveis, como gráficos e tabelas, que podem ser usados como guias para decisões mais inteligentes.

Com todos esses benefícios, os softwares de monitoramento de dados têm angariado cada vez mais adeptos e entusiastas que utilizam como parte da estratégia do negócio em si. 

Atualmente, utilizar uma ferramenta para coleta e análise de dados trata-se de uma das melhores maneiras de gestão e controle de ambientes digitais instáveis, pois aumenta consideravelmente a segurança operacional e a eficiência dos processos, ao mesmo tempo em que reduz os riscos inerentes à complexidade dos sistemas computacionais e, por consequência, os custos envolvidos.

Por: Luciano Alves - Presidente da Zabbix para a América Latina

Veja também:

Sobre mindsecblog 1947 Artigos
Blog patrocinado por MindSec Segurança e Tecnologia da Informação Ltda.

Seja o primeiro a comentar

Deixe sua opinião!