Golpes cibernéticos disparam na Bahia

Golpes cibernéticos disparam na Bahia: inteligência artificial exige medidas mais robustas de segurança
 ‎   ‌
Atualmente, no Estado da Bahia, o quadro é realmente preocupante: a cada 10 compras online, três são possíveis fraude. Em todo o Nordeste brasileiro foram registrados 5 milhões de tentativas de golpes no e-commerce em 2023, que resultaram em um prejuízo de R$ 6 bilhões para o setor em toda a região 
 ‎   ‌
O cenário digital da Bahia precisa ficar alerta, pois o número de tentativas de golpes cibernéticos disparou no Estado, com um em cada três compras online sendo uma tentativa de fraude. De acordo com um levantamento da Redbelt Security, consultoria de cibersegurança, o modus operandi dos criminosos envolve a realização de compras em lojas virtuais utilizando informações roubadas de cartões de crédito legítimos, tornando a diferenciação entre uma transação fraudulenta e uma compra legítima um verdadeiro desafio.
 ‎   ‌
Em 2023, o Nordeste brasileiro registrou 5 milhões de tentativas de golpes no e-commerce, resultando em um prejuízo de R$ 6 bilhões para o setor. “As técnicas dos criminosos estão cada vez

mais sofisticadas, utilizando inteligência artificial para refinar seus crimes e dificultar a detecção. Diante desse cenário, é fundamental que empresas e indivíduos adotem medidas robustas de segurança para proteger seus ativos e dados”, alerta Eduardo Lopes, CEO da Redbelt Security.

IA sofistica os crimes virtuais

A inteligência artificial (IA), ferramenta poderosa para o bem, também se tornou um aliado nas mãos de cibercriminosos. Por meio de técnicas como machine learning, os golpistas conseguem criar fraudes cada vez mais realistas e personalizadas, enganando inclusive alguns sistemas de segurança sofisticados. “Esse cenário exige um esforço redobrado na prevenção, porque as empresas precisam investir em soluções de segurança cibernética avançadas e na conscientização de seus colaboradores, enquanto os indivíduos devem estar cada vez mais atentos e informados sobre os riscos online”, ressalta Lopes.
 ‎   ‌
É fundamental que os consumidores adotem medidas de precaução ao realizar transações online, como verificar a autenticidade dos sites, evitar fornecer informações pessoais em links suspeitos e manter os dispositivos e softwares sempre atualizados. A consultoria também recomenda:
 ‎   ‌
• Cuidado com downloads – baixe arquivos apenas de fontes confiáveis, como lojas de aplicativos oficiais (App Store e Play Store);
• Proteja seus aplicativos – utilize senhas fortes e únicas para cada aplicativo de mensagem, como WhatsApp e Instagram;
• Jamais compartilhe informações confidenciais ou tokens de acesso com pessoas desconhecidas;
• Fique atento – se notar que seu celular não está realizando ou recebendo chamadas e mensagens, ou não está acessando a internet, entre em contato imediatamente com sua operadora. Seu número pode ter sido clonado.
 ‎   ‌
Ainda de acordo com Lopes, a escalada dos golpes cibernéticos na Bahia serve de alerta para todo o país, pois demonstra a necessidade urgente de fortalecermos as medidas de segurança digital. Com a sofisticação cada vez maior das técnicas utilizadas pelos criminosos, que têm usado IA para burlar até mesmo os sistemas de segurança mais avançados, é imprescindível que empresas, governos e indivíduos para combater os cibercrimes. “Investimentos em soluções tecnológicas robustas, programas de conscientização e educação digital, além de uma atuação coordenada das autoridades, são fundamentais para conter essa onda de fraudes virtuais, que ameaça não apenas o bolso dos consumidores, mas também a confiança no ambiente online. Só assim será possível transformar a Bahia e todo o Brasil um território seguro para as transações e atividades digitais”, enfatiza Lopes.

Por: Redbelt

 

 

Veja também:

Sobre mindsecblog 2513 Artigos
Blog patrocinado por MindSec Segurança e Tecnologia da Informação Ltda.

Seja o primeiro a comentar

Deixe sua opinião!