Terremoto de magnitude 6,8 atinge Bolívia e tremores são sentidos no Brasil

Tremeu lá, balançou aqui!

Terremoto de magnitude 6,8 atinge Bolívia e tremores são sentidos no Brasil . Até com um certo destaque na mídia fomos informados do terremoto na Bolívia e que foi sentido em vários locais do Brasil.
        Terremoto com epicentro na Bolívia é sentido em vários locais do Brasil: https://glo.bo/2Edjb1t

        Terremoto de magnitude 6,8 atinge a Bolívia: https://abr.ai/2q6zyI7

A consequência deste tremor lá na Bolívia foi que vários prédios balançaram aqui no Brasil e foram esvaziados

        Terremoto na Bolívia é sentido em Brasília e deixa pessoas em pânico: https://bit.ly/2GP4PK3

         Bombeiros vistoriam prédio em BH depois de terremoto na Bolívia com repercussão no Brasil: https://bit.ly/2q5tFf1

 

Vamos analisar estas fotos:

Foto 1: é ilustrativa, para sabermos onde foi o tremor;

Foto 2: foto tirada do alto de um edifício mostrando alguns aglomerados de pessoas possivelmente em frente aos seus prédios, vazios de pessoas e uma grande aglomeração no lado direito da foto, próximo ao prédio do Citibank;

Foto 3: foto do alto de um prédio e um aglomerado de pessoas debaixo deste mesmo prédio;

Foto 4: grande aglomerado de pessoas na calçada em frente a um prédio.

Você vê algo de inadequado nestas fotos?

São várias situações inadequadas, vamos a elas:

1. Nem todos deixaram os seus prédios e ficaram tirando fotos, prática muito comum nos exercícios de abandono do local de trabalho.   Será que os alarmes destes prédios não foram acionados?   Se foram, onde estão as brigadas que não fizeram a varredura final para se certificar que todos deixaram o prédio?

2. Porque em frente a alguns prédios há um aglomerado de pessoas e em outros não?   Quais foram os critérios de acionamento e de não acionamento dos alarmes nos prédios?

3. Porque próximo ao Citibank há um grande aglomerado de pessoas e nos outros prédios não?   Será que é porque o prédio do Citibank tem uma população muito maior que os prédios vizinhos ou porque o Citibank leva a sério os treinamentos de resposta a incidentes e emergências?

4. Até onde pudemos observar, amplificando as imagens, não identificamos nenhum brigadista ou com chapéus, ou com jaquetas ou qualquer outra identificação visual.

5. Considerando que o motivo do abandono do prédio foi o prédio ter balançado, jamais as pessoas deveriam ter se concentrado nas proximidades dos prédios, pelo risco da queda de detritos.   Alias, esta prática deve ser aplicada em qualquer situação de abandono de locais acidentados.

Síntese: este pequeno evento e estas fotos mostram o quanto estamos, em geral, despreparados para lidar com situações imprevistas, tanto no nível pessoal como no corporativo.   E quando esta questão vai para os condomínios que abrigam pequenas empresas a situação é pior ainda.

O escritório de advocacia que atende a STROHL Brasil é vizinho ao prédio do Citibank.   Os colaboradores deste escritório abandonaram o prédio após sentirem o balanço do prédio e verem os colaboradores do Citibank abandonando o prédio.   O alarme do condomínio não foi acionado nem foi dada nenhuma instrução sobre o que fazer.

Faça uma reflexão e avaliação pessoal: você saberia como responder a uma situação imprevista seja no seu local de trabalho ou na sua casa?   Sua vida, ou de seus familiares, pode depender desta preparação, lembre-se disto.

 

por: Strohl Brasil

Veja também:

Sobre mindsecblog 1759 Artigos
Blog patrocinado por MindSec Segurança e Tecnologia da Informação Ltda.

Seja o primeiro a comentar

Deixe sua opinião!