Tecnologia baseada em IA combate crimes envolvendo motos com garupa

Tecnologia baseada em IA combate crimes envolvendo motos com garupa. Algoritmo foi desenvolvido na América Latina a partir de situações reais e visa diminuir a criminalidade nesta modalidade.

A Irisity AB, líder global em tecnologia de vigilância orientada por IA e vídeo analytics, lança na América Latina uma solução em software pioneira que utiliza algoritmos de Inteligência Artificial para monitorar e rastrear duas pessoas em uma motocicleta, já que autoridades de segurança detectaram grande incidência desta prática nos delitos (principalmente roubos de celulares e pequenos furtos) envolvendo pedestres, roubos de outras motocicletas e até mesmo assassinatos. O objetivo é apoiar as autoridades na detecção e ação em tempo real para coibir a criminalidade feita por pessoas em motocicletas – fato crescente e que vem se tornando comum no Brasil e países da região.

Por meio de múltiplos sistemas de câmeras de videomonitoramento e acionamento de resposta em tempo real, a solução em software traz recurso de IA exclusivo,  personalizado e baseado na plataforma IRIS+™ da Irisity,  a qual permite que câmeras gerem alarmes aos operadores de Centros de Comando e Controle ao detectarem uma moto com duas pessoas – especialmente em situação suspeita como entrar em ruas pela contramão, com motorista ou garupa aportando armas de fogo, indo ao encontro de pessoas na rua ou abordando outros veículos etc.

A tecnologia foi criada a partir de uma necessidade real da cidade do distrito de Vicente Lopez, na Argentina, para combater os crimes nos quais a abordagem é realizada por duas pessoas em uma moto, desenvolvida com base na metodologia real de MLOPs (Machine Learning Operations).

Apoiar as forças públicas da América Latina é um grande passo para a companhia e estamos orgulhosos por sermos pioneiros neste mercado. Já estamos com sistema implementado, em testes e em negociações, e esperamos que a receita da Irisity com projetos em órgãos de Segurança Pública represente 30% da nossa receita global ao longo deste ano”, diz João Paulo Florentino, vice-presidente de Vendas e Operações de CALA (Caribe e América Latina) da Irisity.

O desenvolvimento desta tecnologia envolveu uma equipe de 20 especialistas divididos entre os escritórios de Israel e da Suécia, sede da empresa, cuja versão inicial vem sendo aprimorada dia após dia. A solução da Irisity estará disponível no Brasil e em todos os países da América Latina no primeiro trimestre de 2024 e já está sendo testada na região metropolitana de Buenos Aires.

A solução opera em qualquer projeto de videomonitoramento em ambiente IP, sendo completamente agnóstica em relação às marcas das câmeras ou mesmo em sistemas de gerenciamento de vídeo. O lançamento será ofertado como produto ou ainda como serviço, em que um integrador pode instalar a solução e revender a seus clientes como serviço.

As forças de Segurança Pública e Privada na América Latina contam cada vez mais com a evolução da tecnologia, principalmente baseadas em IA aplicadas ao vídeo, para coibir todos os tipos de delitos e reduzir as taxas de criminalidade por meio de funções baseadas em IA como; a busca inteligente ( Forense),  analíticos de vídeo ao vivo, como os de agrupamento, brigas, queda ou anomalias.

Com isso, o poder público pode focar no que interessa quando interessa (see what matters when it matters), poupando tempo e esforços de operadores, otimizando a sua mão de obra e reduzindo custos dedicados a hardware para gravação. Com a solução, o monitoramento de vídeo se torna mais eficaz e a cobertura e abrangência de toda solução pode ser maior, bem como o retorno esperado. É uma forma de auxiliar as forças públicas a realizarem a ampliação da cobertura existente sem a necessidade de gastos extras.

Veja também:

Sobre mindsecblog 2513 Artigos
Blog patrocinado por MindSec Segurança e Tecnologia da Informação Ltda.

2 Trackbacks / Pingbacks

  1. IA Generativa se torna a “melhor amiga” dos cibercriminosos | Minuto da Segurança da Informação
  2. Novo Trojan Coyote atinge 61 bancos brasileiros com ataque movido por Nim | Minuto da Segurança da Informação

Deixe sua opinião!