Segurança é fator essencial para a maturidade da nuvem, afirma especialista

Segurança é fator essencial para a maturidade da nuvem, afirma especialista. Durante a conferência global Cyber Security Summit Brasil 2022, experts da área de cibersegurança debateram sobre a maturidade de ambientes multi-cloud.

A transformação digital tem incentivado as empresas brasileiras a migrar para a nuvem. De acordo com estudo divulgado pela Gartner, a consultoria e implementação de cloud e serviços gerenciados devem crescer 17,2% em 2022, com um investimento de US$ 255 bilhões. Porém, o Brasil ainda está atrasado em sua jornada de cloud em comparação com o resto do mundo. 

O tema foi debatido durante a conferência global Cyber Security Summit Brasil 2022, que aconteceu em São Paulo, no final de setembro. O painel “Como gerar agilidade, praticidade e confiança para simplificar ambientes multi-cloud e habilitar o trabalho remoto” reuniu especialistas no assunto para discutir sobre a atual baixa maturidade na adoção de estratégias de nuvem, os desafios dessa migração e oportunidades para usufruir de ambientes multi-cloud para garantir a maior eficiência dos negócios. 

A pandemia foi o motivo para a migração acelerada. Com os funcionários trabalhando de forma remota, as empresas precisaram se adaptar a um novo sistema de trabalho. Eduardo Gonçalves, country manager da Check Point, destaca que essa transformação foi um modo de sobrevivência para muitas organizações. “A gente não tinha um plano claro de como fazer. Tínhamos um horizonte de onde queríamos chegar, mas não possuíamos um plano concreto. Coisas que iam tomar 18, 24 meses, foram feitas em 2, 3 meses”, afirma. 

Eduardo ressalta que, por conta dessa migração acelerada, questões sobre maturidade da nuvem, como a segurança, foram deixadas para depois. “As empresas migraram muito rápido e partiram para estratégias distintas, entre multi-cloud e hybrid cloud, mas todas precisam ter segurança. Precisamos falar sobre prevenção, detecção já não serve para mais nada, e também sobre simplicidade. Não é porque o ambiente está complexo que é preciso colocar mais complexidade. É preciso simplificar para que se torne mais fácil e a gente consiga sustentar esse crescimento de workloads, garantindo que ele esteja seguro”, diz. 

O diretor da NTSec, Peterson Muzeli, destacou que um outro ponto fraco na questão sobre ambientes multi-cloud é a falta de profissionais especializados para trabalhar na área. Com as empresas avançando na jornada de cloud, profissionais qualificados são essenciais para manter as operações. “Para garantir a proteção que você precisa e a continuidade do seu negócio, é necessário ter um olhar muito mais clínico para levar segurança adicional para dentro do ambiente da nuvem”, afirma.

Fonte: Mondoni Press

Veja também:

Sobre mindsecblog 1871 Artigos
Blog patrocinado por MindSec Segurança e Tecnologia da Informação Ltda.

1 Trackback / Pingback

  1. Segurança é fator essencial para a maturidade da nuvem, afirma especialista – Neotel Segurança Digital

Deixe sua opinião!