Dia Mundial do Backup: 31 de março

Dia Mundial do Backup: 31 de março. Kingston Technology dá dicas de como fazer o melhor backup e garantir a segurança das informações.

No dia 31 de março é celebrado o Dia Mundial do Backup — e mais que guardar informações, geri-las da melhor forma é fundamental para acessar históricos, lembranças e memórias da maneira mais fácil e segura.

Organizar periodicamente as informações que precisam ser mantidas — de fotos de família a declarações de imposto e documentos — também é importante para garantir que sejam facilmente encontradas e não se percam. “A questão é o quão importante são essas informações que precisam estar salvas em outro lugar. Se o usuário ou empresa possui dados valiosos, é fundamental que eles estejam guardados em mais de um lugar”, orienta Iuri Santos, gerente de Tecnologia da Kingston no Brasil.

Quando o backup faz parte da rotina e é uma prática frequente do usuário, fica mais fácil recuperar os dados e evitar vazamentos e possíveis prejuízos financeiros. Por isso, a Kingston Technology separou algumas práticas para que irão facilitar o acesso e a organização de arquivos em seu dispositivo. Confira:

Backup Manual

Para fazer o backup manual, basta copiar os arquivos para um SSD externo ou pendrive — mas é importante que esses dispositivos não fiquem conectados sempre no computador, pois podem estar suscetíveis a ataques hackers. Uma outra opção de backup manual é por meio de servidores online, conhecidos como nuvem. O usuário cria uma conta na nuvem e configura seus arquivos dentro dela, podendo configurar o backup automático de seus dados no sistema.

A Kingston possui diversas opções de produtos que podem ser usados no backup manual — o que irá definir o produto que melhor se encaixa na rotina do usuário é a quantidade de informações que serão salvas. O SSD externo, por ser um dispositivo eletrônico, proporciona maior segurança e confiabilidade para o armazenamento de dados — além de mais velocidade que um disco rígido tradicional. O XS2000 oferece opções de até 2TB e tem conexão USB-C — e cabe no bolso.

Além disso, a Kingston possui uma linha diversa de pendrives que servem tanto para transportar informações do dia a dia como para guardar informações valiosas. “Nossa linha de pendrives criptografados possui senhas e, quando se erra 10 vezes esse código, os documentos ali armazenados são destruídos automaticamente”, explica Iuri. Dentre esses modelos, o Kingston Ironkey Keypad 200 tem criptografia por hardware, um teclado para digitação da senha e é uma ótima opção para transporte de documentos sigilosos ou para armazenar informações sensíveis.

Backup Automático

Caso o usuário não queira depender de pacotes de armazenamento na nuvem, há programas para backup automático disponíveis na internet. Neles, é possível configurar uma rotina de acordo com o calendário e personalizar o armazenamento dos arquivos adequando com a necessidade de cada um. É importante ressaltar que em situações nas quais o usuário não tenha internet para acessar a nuvem ou até mesmo o computador para resgatar os arquivos, o uso de dispositivos como SSD externo e pendrives são fundamentais para acessar as informações. Portanto, é imprescindível que os dados estejam guardados em mais de um lugar para garantir o acesso em diferentes situações.

Espelhamento

É uma prática bastante comum utilizada por empresas nos servidores e que consiste em salvar todos os arquivos em dois SSDs. Para realizar o espelhamento, é essencial ter sempre o dobro de memória. Por exemplo, tudo que está guardado no SSD de 2TB também estará em outro SSD de 2TB para assegurar que tudo esteja salvo. Trata-se um procedimento válido para a proteção de falhas de hardware, não impedindo ataques hackers.

Melhores práticas

Organização é palavra de ordem para um backup bem-sucedido:

  1. Garanta que as informações estejam salvas em mais de um lugar;
  2. Organize os arquivos por pastas e separe as pastas por categorias — por exemplo, se for um estudante, crie pastas por disciplinas, por semestre ou ano de estudo. Dessa forma, ao realizar o backup será mais fácil encontrar os arquivos;
  3. Crie uma rotina de backup. Sempre que tiver arquivos importantes, assegure-se de que eles irão automaticamente para o SSD externo. Configure a nuvem para realizar o backup periodicamente;

Elimine arquivos duplicados. Isso irá diminuir o tamanho do backup, otimizando o procedimento.

Fonte: Kingston Technology 

Veja também:

Sobre mindsecblog 2483 Artigos
Blog patrocinado por MindSec Segurança e Tecnologia da Informação Ltda.

Seja o primeiro a comentar

Deixe sua opinião!