Qual é a diferença: Vulnerability Scan x Pen Test

Qual é a diferença: Vulnerability Scan x Pen Test. Scan de vulnerabilidade e o teste de penetração devem ser uma parte essencial de sua estratégia de segurança cibernética.

Este post, originalmente publicado pela Outpost24, discute estes métodos no contexto de proteger seus aplicativos da web, incluindo os benefícios, desvantagens e implicações de conformidade.

O scan, ou varredura, de vulnerabilidade e o teste de penetração são peças vitais do quebra-cabeça de segurança e é importante entender a diferença entre os dois. Tanto o scan de vulnerabilidade quanto o teste de penetração podem ser usados ​​para avaliar toda a infraestrutura de TI, mas neste artigo limitaremos o escopo aos aplicativos da web.

A verificação de vulnerabilidades é um processo automatizado. A ferramenta verifica um aplicativo da Web em busca de pontos fracos e vulnerabilidades conhecidos. Os scanners de vulnerabilidade geram uma lista dos problemas detectados, listando a gravidade de cada problema e suas possíveis implicações. O que fazer com esta informação é com você.

O teste de penetração, por outro lado, não é uma ferramenta, mas uma abordagem. Um testador de penetração usa vários métodos para penetrar em um aplicativo da Web de fora para dentro. Os testadores de penetração costumam usar ferramentas automatizadas, mas o valor real vem de sua experiência e compreensão especializada do cenário de ameaças. Esse tipo de teste é abrangente e vai além das vulnerabilidades conhecidas, ajudando as organizações a identificar explorações de dia zero.

O que é uma verificação de vulnerabilidade?

Um scan de vulnerabilidade compara suas descobertas com um banco de dados de ameaças de segurança conhecidas. A varredura de vulnerabilidade se concentra em problemas comuns, como injeção de SQL ou ataques de script entre sites, e fornece uma visão geral da postura de segurança do aplicativo.

As verificações de vulnerabilidade são uma parte importante da manutenção da segurança e da conformidade e ajudam as organizações a se protegerem contra ameaças conhecidas e hackers amadores. No entanto, como as varreduras se concentram em vulnerabilidades conhecidas, elas não são suficientes para resistir a um ataque direcionado por uma ameaça persistente avançada.

Existem vários benefícios da verificação de vulnerabilidades para aplicativos de negócios, incluindo:

  • Identificando vulnerabilidades : descubra vulnerabilidades conhecidas nos aplicativos de uma organização.
  • Priorizando os esforços de correção : identifique a gravidade das vulnerabilidades identificadas, permitindo que eles se concentrem primeiro nas áreas de alto risco.
  • Verificações automatizadas : A verificação de vulnerabilidades pode ser automatizada e realizada regularmente para fornecer monitoramento contínuo de vulnerabilidades de segurança, garantindo que quaisquer novas vulnerabilidades sejam detectadas o mais rápido possível.
  • Integração com outras ferramentas : Scanners de vulnerabilidade podem ser integrados com outras ferramentas de segurança para fornecer uma imagem completa da postura de segurança de uma organização.

No geral, a verificação de vulnerabilidades é um componente importante da estratégia de segurança cibernética de qualquer empresa. Isso é especialmente importante para aplicativos de negócios que lidam com informações confidenciais, como dados pessoais ou financeiros. A violação dessas informações pode levar a perdas financeiras significativas, danos à reputação e responsabilidades legais.

O que é um teste de penetração?

Existem muitos tipos diferentes de testes de penetração, incluindo testes de penetração de rede, testes de penetração externos, testes de penetração interna, testes de penetração de engenharia social e testes de penetração sem fio e, é claro, testes de penetração de aplicativos da web, que é o principal exemplo deste post.

Na abordagem tradicional, os testes de penetração são realizados anualmente por profissionais treinados que utilizam diversas ferramentas e técnicas, como exploração de vulnerabilidades conhecidas, engenharia social e quebra de senhas, para obter acesso. Os testadores de penetração tentam imitar as táticas, técnicas e procedimentos (TTPs) dos agentes de ameaças para imitar ataques reais para identificar possíveis vulnerabilidades e configurações incorretas e fornecer insights acionáveis ​​sobre como corrigir os problemas identificados.

Existem vários benefícios do teste de penetração para aplicativos de negócios. Ele pode ajudar as organizações a identificar possíveis vulnerabilidades e configurações incorretas, demonstrar conformidade com vários regulamentos e requisitos e manter sua postura de segurança. Além disso, o teste de penetração também pode fornecer às organizações a tranquilidade de que seus aplicativos da Web são seguros e ajudá-los a desenvolver uma melhor compreensão das ameaças potenciais e como responder a elas no caso de um ataque.

Quais são as desvantagens do modelo tradicional de teste de penetração?

A principal desvantagem do teste de penetração tradicional é que ele é demorado e caro. Também requer recursos qualificados e altamente especializados para conduzir os testes e produzir relatórios, o que pode ser difícil para algumas organizações usarem.

O teste de penetração como serviço (PTaaS) é uma abordagem alternativa ao teste de penetração tradicional que oferece várias vantagens. Aqui estão algumas razões pelas quais o PTaaS pode ser mais adequado para o cenário de ameaças atual:

  • Teste contínuo : com o PTaaS, as organizações podem realizar testes contínuos de seus aplicativos da Web, em vez de depender de avaliações pontuais. Isso permite o monitoramento contínuo de vulnerabilidades de segurança e detecção e correção mais rápidas de quaisquer problemas.
  • Escalabilidade : o PTaaS pode escalar facilmente para atender às necessidades das organizações quando vários aplicativos exigem testes.
  • Flexibilidade : o PTaaS pode ser personalizado para atender às necessidades específicas de cada organização, incluindo o escopo do teste, a frequência do teste e o nível de geração de relatórios.
  • Custo-benefício : ao oferecer um modelo baseado em assinatura, o PTaaS pode ser mais econômico do que os testes de penetração tradicionais, especialmente para pequenas ou médias empresas que podem não ter orçamento para avaliações regulares.
  • Especialização : Com o PTaaS, as organizações têm acesso a uma equipe de profissionais de segurança experientes que podem fornecer orientação e suporte durante todo o processo de teste.

Devo fazer apenas testes de penetração, verificações de vulnerabilidade ou ambos?

Tanto o scan de vulnerabilidade quanto o teste de penetração são ferramentas essenciais para avaliar e melhorar a segurança de seus aplicativos da Web e reduzir a chance de incidentes. Eles ajudam a identificar possíveis vulnerabilidades e configurações incorretas que podem ser exploradas por agentes mal-intencionados, permitindo que as organizações as resolvam antes que se tornem um problema.

 

Verificação de Vulnerabilidade Teste de penetração
Identifica vulnerabilidades conhecidas em um aplicativo. Simula um ataque contra os aplicativos de uma organização para identificar possíveis pontos fracos que podem ser explorados pelos invasores.
Pode ser automatizado e conduzido regularmente para fornecer monitoramento contínuo de vulnerabilidades de segurança. Uma abordagem mais direcionada que envolve técnicas de teste manual e pode levar mais tempo para ser concluída do que a varredura de vulnerabilidade.
Identifica vulnerabilidades fáceis de encontrar que podem ser facilmente corrigidas. Fornece uma visão mais abrangente da postura de segurança de uma organização, identificando possíveis pontos fracos que podem não ter sido identificados apenas pela verificação de vulnerabilidades.
Ajuda as organizações a priorizar seus esforços de correção com base na gravidade das vulnerabilidades identificadas. Ajuda as organizações a entender como os invasores podem explorar seus aplicativos, fornecendo informações valiosas sobre áreas específicas que requerem atenção.
Pode produzir falsos positivos ou perder certos tipos de vulnerabilidades, dependendo da ferramenta de verificação usada. Pode identificar falhas técnicas e lógicas de negócios em aplicativos da Web, fornecendo uma visão mais holística da postura de segurança de uma organização.

O teste de penetração e a verificação de vulnerabilidades ajudam as organizações a manter sua postura de segurança, identificando áreas para melhoria e fornecendo insights acionáveis ​​sobre como corrigir possíveis ameaças.

Quais regulamentos de conformidade exigem varredura de vulnerabilidade ou teste de penetração?

Vários mandatos e regulamentos exigem o scan de vulnerabilidade e/ou teste de penetração como parte de seus requisitos de conformidade. Varreduras regulares e testes de penetração fornecem às organizações evidências de uma forte postura de segurança, que pode ser usada para demonstrar a conformidade com vários regulamentos:

  Verificação de Vulnerabilidade Teste de penetração
PCI DSS Requer varreduras de vulnerabilidade externas e internas trimestrais para conformidade. Requer teste de penetração anual por um provedor terceirizado autorizado ou uma equipe interna qualificada para realizar o teste.
HIPAA Avaliações regulares de vulnerabilidade para identificar riscos ou vulnerabilidades potenciais a informações de saúde protegidas eletronicamente. Recomenda a realização de testes periódicos de penetração para avaliar a eficácia dos controles de segurança em vigor, embora não seja explicitamente exigido.
ISO 27001 Requer avaliações regulares de vulnerabilidade como parte de seu processo de gerenciamento de riscos. Recomenda a realização de testes de penetração periódicos como parte de um processo de gerenciamento de risco, embora não seja explicitamente exigido.

Para obter mais informações sobre os requisitos de teste de penetração do HIPAA, consulte O HIPAA requer teste de penetração?

Conclusão: combine varredura de vulnerabilidade e teste de penetração

Tanto o scan de vulnerabilidade quanto o teste de penetração são componentes importantes de uma estratégia abrangente de segurança cibernética e cada um serve a um propósito diferente.

A verificação de vulnerabilidades ajuda a identificar vulnerabilidades conhecidas em aplicativos da Web, como software desatualizado ou erros de configuração. A verificação regular pode garantir que vulnerabilidades conhecidas sejam identificadas e corrigidas rapidamente antes que possam ser exploradas por invasores.

O teste de penetração adota uma abordagem mais direcionada, simulando um ataque contra o aplicativo da Web para identificar possíveis pontos fracos que não poderiam ter sido detectados apenas pela verificação de vulnerabilidade. Isso fornece uma compreensão mais profunda da postura de segurança da organização e pode ajudar a identificar áreas específicas que requerem atenção. O teste de penetração é a única defesa contra explorações de dia zero e ataques direcionados avançados.

Fonte: Outpost24

Veja também:

Sobre mindsecblog 2523 Artigos
Blog patrocinado por MindSec Segurança e Tecnologia da Informação Ltda.

4 Trackbacks / Pingbacks

  1. Como prevenir incidentes de dados pessoais no mercado financeiro? | Minuto da Segurança da Informação
  2. Proteção de dados: 83% das empresas de saúde devem aumentar os investimentos | Minuto da Segurança da Informação
  3. Grafana adverte sobre bypass crítico de autenticação | Minuto da Segurança da Informação
  4. Segurança de dados para aplicações em Nuvem | Minuto da Segurança da Informação

Deixe sua opinião!