Política de Cookies é indispensável para as empresas e usuários

Política de Cookies é indispensável para as empresas e usuários. Privacidade dos usuários tem se tornado uma preocupação cada vez mais relevante para o mundo.

Com a crescente utilização da Internet, a privacidade dos usuários tem se tornado uma preocupação cada vez mais relevante para o mundo. Diante disso, no dia 7 de fevereiro, celebramos o Dia da Internet Segura, que já está em sua 20ª edição global e a 15ª realizada no Brasil.  

Entre um dos tópicos que devem ganhar destaque durante essa edição, os cookies podem exercer um certo grau de protagonismo. Esses pequenos arquivos de dados são armazenados por sites que visitamos e ajudam a personalizar a navegação e melhorar a experiência do usuário.  Embora todos já tenham se deparado e acordado com algum aviso de políticas de uso de cookies em algum portal hospedado na Internet, a maioria das pessoas não entende de forma clara como essa coleta de dados pode ser um tópico sensível para a segurança de suas informações pessoais.  

Por isso, essa coleta de dados por meio de cookies tem sido alvo de críticas quanto à privacidade dos usuários. Diante disso, foi criada a Política de Cookies, justamente para regulamentar o uso desses arquivos. 

Para as empresas, estar de acordo com as normativas do uso de cookies é imprescindível para garantir maior segurança e confiabilidade para os clientes. De acordo com uma pesquisa realizada pelo Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (IDEC), 80% dos usuários da Internet no Brasil consideram importante o uso de políticas de coleta de dados para garantir a privacidade das informações pessoais. 

Na Arklok, contamos com uma Política de Cookies bem estruturada e clara. Quando o usuário visita o site da empresa, ele consente se está de acordo com o compartilhamento de dados. Nesse momento, ele pode acessar a Política de Cookies disponível e conferir a descrição do que são esses arquivos e quais são os tipos de armazenamento que utilizamos, quando armazenamos e por que essas informações são relevantes para a experiência de uso do visitante.  

A transparência das empresas nesse processo de coleta de dados é indispensável para a conscientização da sociedade que está cada vez mais conectada. Seja no âmbito de conversão de novos clientes ou na navegação dos colaboradores em sites, é crucial que as companhias estruturem iniciativas educativas sobre quais são as situações seguras ou não para o consentimento para a gravação e o compartilhamento dessas informações, a fim de minimizar o alto índice de vazamento de dados. 

Em agosto de 2020, a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) entrou em vigor no Brasil, regulamentando o uso de informações pessoais, incluindo as coletadas por meio de cookies. Conforme ilustra a pesquisa realizada pelo IDEC, embora a LGPD seja considerada uma importante ferramenta para proteger a privacidade dos usuários na Internet, o estudo apontou que 70% das empresas ainda não estão totalmente preparadas para se adequar às normas estabelecidas pela lei.

Diante disso, a política de cookies é importante para a regulamentação do uso de informações pessoais na Internet. Ao seguir as normas estabelecidas, as companhias podem garantir que estão atuando de forma responsável e ética, protegendo a privacidade dos usuários e contribuindo para a construção de uma Internet mais segura.  

Enquanto Gerente de Governança, Riscos e Compliance, celebrei na terça-feira 7 de fevereiro o Dia da Internet Segura com a sensação de dever comprido, afinal, para nós da Arklok a segurança cibernética é um assunto sério.  

E você, como tem protegido os seus dados?  

por: Cinthia Caputto é Gerente de Governança, Riscos e Campliance na Arklok 

Veja também:

Sobre mindsecblog 2421 Artigos
Blog patrocinado por MindSec Segurança e Tecnologia da Informação Ltda.

8 Trackbacks / Pingbacks

  1. Política de Cookies é indispensável para as empresas e usuários – Neotel Segurança Digital
  2. Fortinet corrige falhas críticas de RCE no FortiNAC e FortiWeb | Minuto da Segurança da Informação
  3. GoDaddy: hackers roubaram código-fonte e instalaram malware | Minuto da Segurança da Informação
  4. Frebniis abusa do recurso Microsoft IIS para estabelecer backdoor | Minuto da Segurança da Informação
  5. NASA e o software de código aberto | Minuto da Segurança da Informação
  6. Riscos de segurança da Web 3.0: o que você precisa saber | Minuto da Segurança da Informação
  7. Alerta e investigação de Fadiga no esgotamento dos funcionários | Minuto da Segurança da Informação
  8. Lições aprendidas após um ano de ciberguerra russo-ucraniana | Minuto da Segurança da Informação

Deixe sua opinião!