Aeroporto de Bristol (UK) é atingido por ransomware

Aeroporto de Bristol (UK) é atingido por ransomware. O aeroporto de Bristol na Inglaterra retirou do ar suas telas de vôos por dois dias no final de semana em resposta a um ataque cibernético.

O aeroporto informou que o ataque começou na manhã de sexta-feira, levando vários computadores pela rede do aeroporto, incluindo telas internas que fornecem detalhes sobre as informações de chegada e saída dos voos.

Na quinta feira, dia 13 de setembro, a página do Twitter do Bristol Airport anunciaram que os estavam enfrentando problemas no sistema de telas de informações sobre  chegadas e partidas de vôos no aeroporto. Embora os vôos não estivessem sendo afetados, as chegadas e partidas poderiam ser consultadas nos sistemas públicos disponíveis.

Os técnicos removeram os sistemas de informação de vôos baseados em computador no aeroporto provincial do Reino Unido entre a manhã de sexta-feira e as primeiras horas da manhã de domingo. As telas eletrônicas foram substituídas por quadros brancos e funcionários extras foram recrutados para lidar com a confusão resultante, em parte aliviada por um aumento de anúncios no sistema de alto-falantes. Os voos não foram afetados, mas os passageiros foram aconselhados a fazer o check-in mais cedo do que o normal para acomodar qualquer atraso.

O aeroporto de Bristol culpou um ataque cibernético por fazer com que a captura de tela de vôos falhasse por dois dias.  Um porta-voz do aeroporto disse à BBC que as telas de informações foram colocadas offline na sexta-feira para conter um ataque de “ransomware“. O porta-voz disse que nenhum “resgate” foi pago para que os sistemas voltem a funcionar.

O ransomware é uma forma de malware na qual os vírus de computador ameaçam excluir arquivos, a menos que um resgate seja pago.

O porta-voz James Gore disse à BBC que: “Acreditamos que houve uma tentativa online de segmentar parte de nossos sistemas administrativos e que exigiu que nós fizéssemos vários aplicativos offline como medida de precaução, incluindo a que fornece nossos dados para as telas de informações de voo. Isso foi feito para conter o problema e evitar qualquer impacto adicional em sistemas mais críticos.

Bristol Airport é o nono aeroporto mais movimentado do Reino Unido, lida com um pouco mais de 8 milhões de passageiros  por ano, ao contrário dos 75 milhões de Heathrow.

Ontem, 16 de setembro, a página do Bristol Airport no Twitter já informava que os sistemas havia sido restaurados e agradecia a todos os passageiros pela paciência enquanto a equpe trabalhava para resolver o problema durante o final de semana.

O incidente é um lembrete da ameaça contínua para as organizações, mesmo em uma época em que a tendência geral parece ser de criminosos cibernéticos que favorecem maneiras mais fáceis e lucrativas de ganhar dinheiro, como ataques de criptografia e BEC (Business Email Compromise).

 

Fonte: InfoSecurity & The Register & BBC News

 

Veja também:

Sobre mindsecblog 1759 Artigos
Blog patrocinado por MindSec Segurança e Tecnologia da Informação Ltda.

4 Trackbacks / Pingbacks

  1. Beyond Trust é comprada pela Bomgar
  2. Pena máxima de £500.000 é aplicada pelo Reino Unido à Equifax
  3. Mozila integra Firefox com Have I Being Pwned
  4. Tendências de Malwares segundo a Fortinet

Deixe sua opinião!