Ataque cibernético é “inimigo número um” de empresas no mundo digital

Ataque cibernético é “inimigo número um” de empresas no mundo digital. Estudo realizado pela Infoblox mostra que 46% das empresas brasileiras se preocupam com ataques na nuvem

Atualmente, no mundo digital, as ameaças cibernéticas estão se tornando cada vez mais sofisticadas e frequentes. As empresas em todos os setores estão enfrentando um risco crescente de ataques digitais, que podem resultar em roubo de dados confidenciais, interrupção dos negócios e danos à reputação. O último Relatório Global de Segurança divulgado pela Infoblox revela, por exemplo, que a ameaça aos serviços de nuvem é uma preocupação de pelo menos 46% das organizações brasileiras, seguido por vazamento de dados (43%) e APTs (34%).

O estudo aponta, ainda, outros potenciais riscos que preocupam as organizações, a exemplo do ransomware (30%), ataque por IoT em rede (27%), ameaças internas (23%), ataques por meio de conexões de funcionários remotos (17%), ataques à cadeia de suprimentos ou terceiros (14%) e ataques promovidos pelo estado (7%). No mesmo levantamento, 6 de 10 entrevistados relataram uma ou mais violações nas suas empresas por ataques cibernéticos.

Com o aumento dos ataques e as possíveis consequências devastadoras, é obrigatório que as empresas implementem medidas eficazes de proteção para garantir o sigilo de seus dados e a integridade de suas operações. Nesse contexto, especialistas na área destacam a importância de adotar uma abordagem proativa para se proteger contra as ameaças.

O country manager da Infoblox Brasil, Sandro Tonholo, explica que para ajudar as empresas a se protegerem contra esses perigos, algumas medidas essenciais devem ser adotadas. “É fundamental, por exemplo, que as organizações forneçam treinamentos de conscientização sobre segurança cibernética, desenvolvam políticas e procedimentos relacionados ao uso de dispositivos móveis e gerenciamento de senhas, mantenham sistemas e softwares atualizados, além de monitorar e detectar ameaças e atividades suspeitas”, detalha.

Em um mundo digital em permanente evolução, as instituições devem estar cientes das vulnerabilidades e dos riscos associados às suas operações online. Entendemos as barreiras que os negócios enfrentam e assim podemos fornecer soluções que sejam parceiras e contribuam para o futuro da empresa” diz Tonholo.

Nesse sentido, o investimento em soluções como a de DNS, que oferece várias medidas de segurança para proteger organizações, é essencial. A alternativa é benéfica para ajudar a identificar fragilidades, desenvolver estratégias de segurança personalizadas e fornecer suporte contínuo para garantir uma proteção eficaz contra ataques cibernéticos.

Ao adotar essas medidas, as empresas estarão em uma posição melhor para proteger seus ativos digitais e mitigar os riscos associados às ameaças. Considerando um cenário de mudança e atualização frequentes, a segurança cibernética não pode ser negligenciada. Ao contrário, é crucial que ela seja prioridade em todos os níveis de uma organização.

Veja também:

Sobre mindsecblog 2483 Artigos
Blog patrocinado por MindSec Segurança e Tecnologia da Informação Ltda.

2 Trackbacks / Pingbacks

  1. Ataque cibernético é “inimigo número um” de empresas no mundo digital - Blog da Neotel Segurança Digital
  2. Novas campanhas de phishing disseminadas via Adobe | Minuto da Segurança da Informação

Deixe sua opinião!