Spam e Phishing no 2Q 2017

De maneira geral o segundo trimestre de 2017 o percentual de spam em relação ao tráfego de eMail cresceu 17% em relação ao trimestre anterior.

kas1.png

Numero de detecções Kaspersky Lab, Q1 e Q2 2017.

kas2.png

Percentual de spam no tráfico de email global, Q1 2017 e Q2 2017

No segundo trimestre o maior percentual de spam, 57,99%, foi registrado em abril. A média percentual de spam no tráfego global foi de 56,97%, 1,07% maior que o trimestre anterior.

O segundo trimestre vimos mudanças no top3 de fontes de spam no mundo. Vietnam assumiu a primeira posição gerando 12,37% do tráfego mundial de spam, seguido por EUA com 10,1% (EUA estava em primeiro no Q1) e China com 8,96%

A Índia está na quarta posição, responsável por 8,77% da geração de tráfego de spam mundial, seguida pela Alemanha com 5,06% .

O Brasil aparece em 7º na lista de principais geradores de spam mundial, com 4,47%.

kas3.png

fonte de spam por país Q2 2017

eMails spam com até 2k continuam dominando o tráfego global com 37,41%, sendo seguido por eMails com tamanho de 20-50k de tamanho com 27,16% e eMails de 10-20 com 18,31% .

eMails de spam com tamanhos superiores a 100k representam apenas 2,48% do total detectado na rede mundial de computadores.

kas4.png

Quantida de emails spam por tamanho Q1 2017 e Q2 2017

O país mais atacado por spams foi a Alemanha com 12,71% , seguido por China com 121,09% e Reino Unido com 9,11% de todo tráfego de spam global.

O Brasil aparece em  6º lugar recebendo 4,99% de todo tráfego global de spam.

No Segundo trimestre as empresas categorizadas como bancos, sistemas de pagamentos e lojas online receberam mais da metade 51,47% de todo o tráfego de spam registrado.

kas6.png

Mais detalhes sobre as estatísticas podem ser visualizadas no site Securelist mantido pela Kaspeersky Labs.

 

fonte  Kaspersky Lab  Securelist 

por MindSec   28/08/2017
About mindsecblog 277 Articles

Blog patrocinado por MindSec Segurança e Tecnologia da Informação Ltda.