Kaspersky foi Usado para Roubar Dados da NSA

Hackers russos roubaram armas cibernéticas da NSA de computador doméstico de um dos contratados da agência, depois que o contratante não especificado copiou os dados classificados e armazenou-o no computador pessoal. O roubo ocorreu em 2015 e foi descoberto em 2016.

De acordo com um relatório do Wall Street Journal, os atacantes roubaram os dados confidenciais da NSA, explorando o software Antivirus da Kaspersky, que o contratado da NSA estava usando. O Journal informou que os arquivos roubados incluem detalhes de ferramentas ofensivas e defensivas da NSA, bem como o códigos usados para espionagem.

O relatório citou funcionários não identificados dos EUA, que acreditavam que os hackers russos conseguiram colocar os dados após serem alertados pelo software da Kaspersky sobre a presença no computador do contratado dos EUA. O relatório também indica  sobre a probabilidade de os funcionários da Kaspersky ter potencialmente notificado o governo russo sobre a descoberta dos dados classificados da NSA.

No entanto, o fundador da Kaspersky, Eugene Kaspersky, negou as alegações do suposto envolvimento da empresa no roubo.

“A Kaspersky Lab não recebeu nenhuma evidência que comprovasse o envolvimento da empresa no suposto incidente relatado pelo Wall Street Journal em 5 de outubro de 2017, e é lamentável que a cobertura de notícias de reivindicações não comprovadas continue perpetuando acusações sobre a empresa”, disse a empresa em um comunicado.

 

veja também  Proibido o Uso de Produtos Kaspersky nas Agências do Governo Federal Americano  e  FBI pede para Empresas Removerem Kaspersky

 

por MindSec  09/10/2017

 

About mindsecblog 294 Articles

Blog patrocinado por MindSec Segurança e Tecnologia da Informação Ltda.