Hackers estão vendendo detalhes de saúde de “qualquer cidadão australiano” na dark web por £ 17 cada

Um hacker na dark web está vendendo acesso a registros individuais sequestrados do sistema de saúde da Austrália por apenas US $ 17 (US $ 22) cada. Os dados, alegadamente obtidos através de uma vulnerabilidade em redes de computadores governamentais, foram listados sob o título “the Medicare machine“.

Acredita-se que o vendedor tenha vendido pelo menos 75 arquivos do Medicare desde outubro de 2016, de acordo com uma investigação da Guardian Australia , que verificou as reivindicações dos hackers solicitando uma parte da informação de seu próprio jornalista. Ele achou que o culpado havia estado ativo há meses.

A Guardian Australia descobriu que o hacker estava afirmando poder acessar os detalhes do Medicare de qualquer cidadão australiano para 0,0089 bitcoins cada.

Deixe o primeiro e último nome, e DoB de qualquer cidadão australiano, e você receberá seus detalhes do paciente do Medicare na íntegra“, dizia o vendedor on-line.

No caso do repórter, o hacker foi capaz de fornecer um número real de cartão Medicare e data de validade como prova. O mercado em questão é hospedado na dark web, uma rede anônima frequentemente usada para realizar atividades ilegais, incluindo a venda de drogas e bancos de dados pirateados .

O vazamento não está listado publicamente para qualquer pessoa pesquisar. Mas uma vez comprado, individualmente ou em massa, os dados poderiam ser úteis para as gangues criminosas como parte dos esquemas de fraude. Normalmente, as informações pessoais dessa natureza levam a um maior risco de ataques de phishing por email e tentativas de chantagem.

Não é privilégio dos Australianos

O golpe de roubo de dados e venda na web não é algo novo e nem exclusivo de outros países, de acordo com a notícias e pesquisas realizadas no Brasil por especialistas de segurança , muitas informações de brasileiros são vendidas na dark web.

Notícias de vendas e verificação de numerações de cartões de crédito na  dark web,  no facebook e youtube são comuns e atormentam a vida de muitos brasileiros a bastante tempo, por isto as palavras do presidente americano George W. Bush “Quando pequenos aprendemos que não poderíamos andar por ruas escuras pois era perigoso, agora devemos aprender que também perigoso andar em sites desconhecidos na web“, parece mais atual que nunca.

fonte referência: International Business Times
por MindSec  05/07/2017

 

 

 

fonte: International Business Times By Jason Murdock
por MindSec 05/07/2017
About mindsecblog 277 Articles

Blog patrocinado por MindSec Segurança e Tecnologia da Informação Ltda.