Falhas em Painel Solar Pode Desligar a Rede de Energia

Um pesquisador de segurança holandês descobriu uma série de vulnerabilidades de segurança em um componente essencial de painéis solares que poderiam ser explorados para causar interrupções generalizadas nas redes elétricas europeias.

Willem Westerhof, pesquisador de segurança cibernética da empresa holandesa de segurança ITsec, descobriu 21 vulnerabilidades de segurança nos inversores conectados à Internet – um componente essencial do painel solar que transforma a corrente contínua (DC) em corrente alternada (AC).

De acordo com a Westerhof, as vulnerabilidades deixam milhares de inversores de energia conectados à Internet instalados em toda a Europa vulneráveis.

Westerhof demonstra que é possível que os hackers ganhem o controle de um grande número de inversores e os desligam simultaneamente, causando um desequilíbrio na rede elétrica que poderia resultar em quedas de energia em diferentes partes da Europa.

As vulnerabilidades afetam os sistemas de energia elétrica de painéis solares, também conhecidos como fotovoltaicos (PV), fabricados pela empresa alemã de equipamentos solares SMA, que, se fossem explorados em massa, poderiam resultar no desligamento da rede elétrica.

A pesquisa de Westerhof, chamada “Horus Scenario“, foi publicado pela primeira vez em um jornal holandês Volkskrant, e agora ele lançou um site detalhando as vulnerabilidades e como um ataque digital poderia levar a teras consequências.

Solar-Panels-hacking
fonte: horusscenario.com

De acordo com o pesquisador, a causa do ataque é um desequilíbrio na rede elétrica. Uma vez que a rede elétrica precisa manter um equilíbrio constante entre o fornecimento de energia e a demanda de energia, um excesso na oferta ou demanda pode causar interrupções.

Portanto, se um atacante manipular a quantidade de energia fotovoltaica em uma rede elétrica em um momento específico, um invasor pode causar picos ou mergulhos de vários GigaWatts, causando um desequilíbrio maciço que pode levar a cortes de energia de grande escala.

Para um país como a Alemanha, onde a energia solar cobre até 50% de sua demanda de energia, um ataque tão devastador provocaria instantaneamente uma queda significativa de energia, o que afetaria negativamente milhões de pessoas e custaria aos governos bilhões de dólares. 

Embora ataques deste tipo ainda sejam incomuns  no Brasil, o cenário de ataques à distribuidoras de energia começam a ser mais comuns na Europa (ver ataques na Irlanda e Ucrânia) e e podem se disseminar rapidamente em um cenário de guerra cibernética, por isto vulnerabilidades como esta potencializa o poder de impacto nacional dos hackers (principalmente os patrocinados pelo Estado) e precisam ser rapidamente solucionados.

fonte The Hacker News by Swait Khandelwal 

por MindSec   09/08/2017

About mindsecblog 277 Articles

Blog patrocinado por MindSec Segurança e Tecnologia da Informação Ltda.