75.000 Turcos Presos por Baixar Aplicativo Mensagens Criptografadas

Se você é Turco e usa ou instalou o ByLock – um aplicativo de mensagens criptografadas pouco conhecido – você poderia ser detido pelas autoridades turcas.

Isto porque usar este aplicativo Turco é ilegal desde o ano passado.

A história de fundo começa na tentativa de golpe de Estado do país em julho do ano passado, quando uma seção do exército Turco lançou uma operação coordenada – ao implantar soldados, tanques nas ruas das principais cidades turcas – para derrubar o governo e soltar o presidente Recep Tayyip Erdogan.

O governo Turco culpou Muhammed Fethullah Gülen, um pregador Turco que mora nos Estados Unidos, por liderar o golpe de tentativa de 15 a 16 de julho, embora Gülen tenha negado qualquer envolvimento.

Após a tentativa de golpe, Milli İstihbarat Teşkilatı (MİT), a agência de inteligência Turca investigou e descobriu que o aplicativo de mensagens ByLock foi usado como ferramenta de comunicação por dezenas de milhares de seguidores do movimento Gülen para coordenar o golpe.

Desde então, o governo Turco detiveram 75 mil pessoas, em uma tentativa sem precedentes, por baixarem o aplicativo ByLock, que foi declarado ilegal, de acordo com o The Guardian.

As pessoas detidas incluem funcionários públicos, juízes, policiais, soldados, fabricantes de casas e empresários, que alegadamente participaram da tentativa de golpe militar fracassada.

Para aqueles que desconhecem, o ByLock foi uma das muitas aplicações de mensagens criptografadas disponíveis para download gratuito na App Store da Apple e na Play Store do Google e foi baixada mais de 600 mil vezes entre abril de 2014 e abril de 2016, de acordo com um relatório do especialista britânico em informática forense Thomas K. Moore.

Acontece que as autoridades Turcas conseguiram quebrar o ByLock devido ao seu fraco algoritmo de criptografia e conseguiu descriptografar 10 milhões de mensagens criptografadas, o que levava a evidências contra milhares de rebeldes e agentes Gülenistas disfarçados.

O governo Turco também acredita que ByLock foi criado pela Organização Terrorista Fetullah (FETÖ), por entregar as mensagens de Gülen entre seus seguidores, bem como para instruí-las sobre como realizar movimentos contra anti-Gülenistas.

De acordo com uma opinião jurídica publicada em Londres, a detenção de pessoas com base em apenas baixar uma aplicação de mensagens criptografadas viola seus direitos humanos de acordo com o Artigo 5 da Convenção Européia de Direitos Humanos (CEDH), que garante o direito à liberdade.

Esta notícia veiculada pelo The Hacker News reforça uma crescente tentativa de impor controles sobre o uso de internet e aplicativos que impeçam a comunicação. No primeiro semestre deste ano a China já havia anunciado um grande firewall de controle sobre a liberdade de conteúdo e navegação que os cidadãos Chineses possuem, levando à prisão responsável por empresa que vendia acessos por VPN.

Pelo jeito ainda teremos muitas discussões sobre o direito de liberdade e privacidade na Internet e muita água ainda deve rolar por baixo desta ponte.

fonte The Hacker News

por MindSec   18/09/2017
About mindsecblog 317 Articles
Blog patrocinado por MindSec Segurança e Tecnologia da Informação Ltda.